MÁRCIO NAKASHIMA: É tempo de encher o coração de otimismo e esperança

Deputado estadual eleito Marcio Nakashima: “Não faltará, como nunca faltou, coragem e ousadia” (divulgação)
Deputado estadual eleito Marcio Nakashima: “Não faltará, como nunca faltou, coragem e ousadia” (divulgação)

Chegamos ao final de mais um ano… E 2018 não foi nada fácil, foi um ano intenso, desafiador, mas muito especial. Fizemos uma campanha propositiva, ouvindo a população e incorporando ideias ao nosso projeto. Foi uma eleição muito difícil, mas o resultado nos mostra que trilhamos o caminho certo.
Confesso que relutei em retornar à política, mas fui convencido por amigos e apoiadores de que este seria o único caminho para que a minha luta pessoal por justiça e contra o feminicídio pudesse se estender e beneficiar tantas outras vítimas de violência. Mulheres que, em sua maioria, são agredidas dentro de casa. Que sofrem caladas e quando fazem a denúncia não são ouvidas ou o atendimento não é imediato porque o Estado não oferece estrutura para isso. E a violência caminha num ciclo crescente. Hoje, foi um empurrão, um chute. Amanhã pode ser um tiro.
De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, o número de casos de feminicídio no Estado praticamente dobrou neste ano: somente na capital paulista, foram 21 episódios em 2018, contra os 11 registrados no ano passado. As estatísticas são assustadoras.
Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), o Brasil é responsável por 40% dos crimes de feminicídio na América Latina. Ocupamos o vergonhoso sétimo lugar no mundo entre as nações onde mais mulheres são mortas em casos relacionados à violência de gênero.
Como todos sabem, a minha luta contra este tipo de crime teve início em 2010, quando minha irmã Mércia Nakashima foi assassinada pelo ex-namorado e encontrada dias depois na represa de Nazaré Paulista.
Desta tragédia familiar surgiu nossa principal bandeira de luta. E saímos às ruas, com poucos recursos, mas com muita vontade de vencer. Enfrentamos dias difíceis, uma população desacreditada na política, nos partidos e nas estruturas de poder. O sentimento de revolta era quase unânime. Foi preciso muito diálogo e apresentação de propostas plausíveis para convencer a população a se interessar por política, a conhecer o nosso projeto.
As redes sociais foram grandes aliadas e ampliaram nosso poder de alcance para números surpreendentes e resultados inimagináveis. Assim, conquistamos 38.081 amigos e chegamos à Assembleia Legislativa de São Paulo como único deputado estadual eleito pelo PDT. Quanta honra!
Não cessaremos na luta pelas bandeiras que defendemos ao longo da campanha. Nos planos do mandato, pautas que afligem a população: saúde, educação de qualidade, oportunidades de trabalho e renda, combate à corrupção e enfrentamento da violência, com punição severa a agressores.
Reafirmamos nosso compromisso de fazer um mandato participativo, aberto a sugestões, reivindicações e críticas. Não faltará, como nunca nos faltou, coragem e ousadia.
Que o presidente eleito Jair Bolsonaro tenha pulso firme no enfrentamento da corrupção, que conduza o Brasil à rota do crescimento, que seja tolerante e respeitoso com as instituições.
Ao novo governador de São Paulo, João Dória, desejamos sorte e que esteja disposto a dialogar com os representantes do povo no Parlamento.
Agora é tempo de encher o coração de otimismo e esperança. Olhar para o ano que se inicia como uma nova oportunidade. Gratidão à família, aos amigos e a todos que acreditaram em nosso projeto.
Obrigado à comunidade nikkei e ao Jornal Nippak por nos abrir este importante espaço.

Juntos somos mais fortes!

Márcio Nakashima, deputado estadual eleito (PDT-SP)

Comentários
Loading...