Keiko Ota comemora balanço do mandato realizado na Câmara dos Deputados

A deputada federal Keiko Ota (divulgação)
A deputada federal Keiko Ota (divulgação)

A deputada federal Keiko Ota (PSB/SP) trouxe, por meio do seu mandato, novidades tanto do ponto de vista da legislação brasileira quanto da diversidade de realizações. Confira a seguir.

Produção legislativa
Sua atuação parlamentar resultou na produção de quatro leis em vigor. A principal delas, a Lei 13.546/17, coloca o motorista que pratica racha ou mata sob efeito de álcool por até oito anos de prisão, em regime fechado. Até então, casos assim terminavam em impunidade, uma vez que o motorista condenado respondia em liberdade.
Ota propôs junto às entidades rodoviárias e de fiscalização do trânsito de São Paulo que adotassem a divulgação da campanha “Entrega a Chave”, uma iniciativa inspirada na Lei 13.546/17 visando evitar álcool e direção perigosa. Participaram do projeto a Polícia Federal e a CCR Dutra.
Além disso, o corpo legislativo de autoria da deputada inclui as seguintes leis: Lei 13.285/16, que agiliza o julgamento de crimes hediondos; a Lei 13.663/18, que prevê medidas de combate à violência e ações de promoção da paz nas escolas e a Lei 13.447/17, que estabelece o Dia Nacional do Perdão em 30 de agosto.
Um dos destaques obtidos pela deputada na reta final de 2018 foi a aprovação, pela Câmara dos Deputados, do projeto de Lei 7010/17 de sua autoria, que obriga o agressor de violência doméstica a passar por programas de recuperação psicológica. “Não basta somente punir, é necessário prevenir a violência”, comenta Ota. O projeto deve seguir para o Senador Federal.

Contribuição à comunidade nipo-brasileira
Em paralelo às contribuições legislativas, Keiko assumiu a presidência do Grupo Parlamentar Brasil-Japão e propôs medidas que valorizasse os 110 anos da imigração japonesa ao Brasil. Assim, a deputada propôs a exposição Hiroshima e Nagasaki – Do Fim ao Renascimento, através do Perdão e da Cultura da Paz exibida simultaneamente em Brasília e em São Paulo. A iluminação do Congresso Nacional nas cores do Japão também foi realizada.

Vítimas de violência
O serviço prestado pelo Centro de Referência e Apoio a Vítima (CRAVI) do governo estadual tornou-se possível graças às verbas federais indicadas pela deputada federal Keiko Ota. A expansão do serviço chegou a nove unidades espalhadas por todo o Estado de São Paulo. “O CRAVI é de extrema importância, porque atende os familiares de vítimas de crimes com apoio psicológico gratuito”, explica a deputada.

Eleições
Com 60.499 votos obtidos nas eleições de 2018, a deputada federal Keiko Ota se despede da tribuna da Câmara dos Deputados, após dois mandatos. A deputada entende que as urnas refletem um desejo de renovação e, portanto, deve ser respeitado. “A vibração coletiva está diferente, agora é momento de observar os acontecimentos e aguardar”, afirma Ota. O resultado nas urnas não foi favorável, contudo, em retrospectiva, Keiko Ota comemora o balanço do seu mandato. “Saio de mãos limpas e com sentimento de cumprir minha missão de reduzir a impunidade e fortalecer a corrente do bem”, conclui.

Keiko Ota,
deputada federal

Comentários
Loading...