SOLIDARIEDADE=Prossegue campanha em prol das vítimas do ‘Desastre das Chuvas no Oeste do Japão’

O Centro Cultural Hiroshima do Brasil iniciou, no dia 18 de julho, campanha de doação para as vítimas do Desastre de Chuvas no Oeste do Japão.

A chuva, que já causou mais de cem vítimas fatais, é o pior desastre por chuva ocorrido no Japão desde que começou a era Heisei (1989). Mesmo retrocedendo até a era Showa, este está sendo o pior desastre do gênero desde as chuvas de Nagasaki, de 1982, que obteve a marca histórica de mais de 300 vítimas, dentre mortos e desaparecidos.

De acordo com a agência Central de Polícia do Japão / Setor de Controle de Desastres, no mês de julho foram registradas 215 mortes decorrentes das chuvas e mais de 14 pessoas desaparecidas. Em Hiroshima, foram 112 mortes e 8 pessoas desaparecidas.

Essas informações foram fornecidas por Tanaka Ryuji, secretário-geral da Associação Nipo-Brasileira de Hiroshima, durante palestra no último dia 23 de julho, no Centro Cultural Hiroshima do Brasil.

De acordo com ele, além das vítimas, as chuvas e deslizamentos deixaram mais de 23 mil pessoas desabrigadas, com falta de energia elétrica e água potável. Além disso, as altas temperaturas têm provocado várias vítimas nas áreas afetadas.

Doação – No último dia 10 de agosto, no Salão Nobre do Bunkyo, realizou-se uma cerimônia em que os representantes da Comissão para Comemoração dos 110 anos da Imigração Japonesa entregaram aos dirigentes do Centro Cultural Hiroshima do Brasil, o resultado da campanha realizada durante o Festival do Japão nos dias 21 e 22 de julho.

Yoshiharu Kikuchi, presidente do Comitê Executivo da Comissão para Comemoração dos 110 anos da Imigração Japonesa, ressaltou a importância da solidariedade com as vitimas das enchentes e a necessidade de divulgar essa campanha para mais pessoas. Lembrou que, além da região de Hiroshima, as províncias de Ehime e Okayama também foram afetadas.

O presidente Yasuyuki Hirasaki agradeceu esse “reforço inesperado” para a campanha e destacou que a entidade estará dedicando seu esforço máximo para o sucesso da iniciativa. Segundo ele, “este é o momento para ajudarmos o Japão que sempre tem nos auxiliado”. “A doação pode ser de apenas 1 real. Mas contamos com a colaboração de todos”, observou.

 

Serviço – As doações para Campanha de Apoio às Vítimas da Enchente na região Oeste do Japão podem ser feitas até meados do próximo mês de setembro no:

Banco Santander (33)

Agência 4551 – Galvão Bueno

c/c: 000 130039865

Centro Cultural Hiroshima do Brasil

CNPJ: 47.851.779/0001-12

Para mais informações, ligue para o Centro Cultural Hiroshima (11-3207-5476).

Comentários
Loading...