SÃO PAULO=Parque da Independência terá investimento de R$ 1,7 milhão para obras de revitalização e ampliação

Nomura e Bruno Covas no Parque da Independência
Nomura e Bruno Covas no Parque da Independência

O Conselho Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Cades) aprovou esta semana o valor de R$1,7 milhão para o início das obras de revitalização e ampliação do Parque da Independência, no Ipiranga (zona Sul de São Paulo). Segundo o vereador Aurélio Nomura, que acompanha a luta de perto e vem trabalhando para o início das obras no local, o anúncio deve ser feito pelo prefeito Bruno Covas (PSDB) e pelo secretário do Verde e Meio Ambiente, Eduardo de Castro, nas próximas semanas.

Declarado de utilidade pública em 2005, o terreno que fica na rua Bom Pastor, esquina com a rua dos Sorocabanos abrigou o antigo Instituto Bom Pastor e conta com uma área de mais de 26 mil m² que ampliará em 20% o espaço total do parque para mais de 200 mil m².

No local existe a capela do século 19 “Bom Jesus do Horto”, também conhecida como Igreja Ortodoxa Russa da Nossa Senhora da Anunciação, a mais antiga da cidade construída em 1893 e por se tratar de uma área tombada foi necessário a autorização do IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Condephaat – Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico e o Conpresp – Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo.

Dividido em duas fases o parque receberá primeiro as obras de recuperação dos acessos de circulação dos pedestres como a pavimentação, adequação do portão de entrada e reforma de parte do gradil, escadas de acesso e rampas. Já a segunda fase receberá equipamentos de recreação como a pista de skate, playground infantil, academia de terceira idade, além de uma grande praça e uma arena ao ar livre.

A Casa do Grito receberá um deck de madeira e será conectada a um Edifício de Apoio que receberá área para café, lanchonete e sanitários, além de um espaço de apoio aos turistas com loja de souvenires e sanitários destinados à vigilância do parque.

Outro espaço será destinado para a instalação de um viveiro de mudas. Esta área servirá como suporte para a manutenção do parque e a administração do local.

Aurélio Nomura reafirmou a importância de entregar a ampliação do espaço para a população. “Estamos há anos lutando por esta área e agora poderemos comemorar o Bicentenário entregando um parque amplo e equipado, além de preservar a história do Brasil”, comemorou.

Comentários
Loading...