Mie Kenjinkai realiza comemoração histórica, ‘três em um’

Takashi Shimokawa, presidente da Associação Cultural e Assistencial Mie Kenjin do Brasil (Silvio Sano)
Takashi Shimokawa, presidente da Associação Cultural e Assistencial Mie Kenjin do Brasil (Silvio Sano)

Com reuniões constantes da Comissão Executiva para esse evento desde seis meses antes com o intuito de uma comemoração impecável, a Associação Cultural e Assistencial Mie Kenjin do Brasil realizou no dia 27 de outubro, em sua sede (zona Sul de São Paulo), um grande evento para festejar, simultaneamente, os 105 Anos da Imigração Miekeniana no Brasil, 75 Anos de Fundação da Associação e 45 Anos de Irmandade entre o Estado de São Paulo e a Província de Mie.

Aspecto do salão social da Associação Mie Kenjin do Brasil (Silvio Sano)
Aspecto do salão social da Associação Mie Kenjin do Brasil (Silvio Sano)

O evento, que se iniciou às 17h e contou com a presença de autoridades, representantes de todas as associações das províncias do Japão, associados, ex-associados e convidados, lotando seu salão de festas, correspondeu aos esforços dispendidos sendo coroado de sucesso.
“Sinto-me bastante recompensado pelo êxito dessa realização, graças ao trabalho incansável da Comissão e por termos conseguido receber a tempo as medalhas e certificados enviados pelo governador de Mie, Eikei Suzuki”, revelou Takashi Shimokawa, presidente da associação, aliviado e feliz com o resultado final.
“O excelente resultado é decorrente das forças individuais dos membros da Comissão terem se transformadas numa só para esse fim”, afirmou Shigeru Matsumoto, presidente do Conselho Deliberativo. “Como fui rigoroso demais nas exigências ao cumprimento das tarefas, na última semana resolvi me calar para deixa-los à vontade. Isso tudo é mérito deles. Parabéns a todos”, finalizou.
“O evento foi exuberante. Tudo deu certo devido à união e dedicação de todos. Obrigada, Comissão, por esta linda festa”, com largo sorriso, assim se expressou Miyoko Shakuda, vice-presidente da associação.
“Confesso que no início cheguei a ficar preocupado, mas no transcorrer percebi que tudo daria certo. Estou orgulhoso de nossa realização”, manifestou-se aliviado Hiroshi Osumi, diretor de planejamento da associação.
Akira Kawaai, vice-presidente da KENREN (Federação das Províncias do Japão no Brasil) e da Akita Kenjin do Brasil, também atendeu à reportagem: ”Espetacular! Nem preciso falar nada. Dou nota 150! Muito bom”.

Cerimônia – Seguindo a programação, Wilson Koto, mestre de cerimônia, deu início à cerimônia convidando para formar a mesa algumas pessoas ilustres, como Akira Kusunoki, cônsul-geral-adjunto do Japão em São Paulo, representando o cônsul-geral Yasushi Noguchi; o vereador Aurélio Nomura que tem vínculo pelo lado materno com a Província de Mie; Hatiro Shimomoto, representando o governador do Estado de São Paulo, Márcio França; dentre outros.

Tetsuhiro Hirose, presidente da Comissão Executiva do evento (Silvio Sano)
Tetsuhiro Hirose, presidente da Comissão Executiva do evento (Silvio Sano)
Descendente de Mie, vereador Aurélio Nomura prestigiou o evento (Silvio Sano)
Descendente de Mie, vereador Aurélio Nomura prestigiou o evento (Silvio Sano)

 

 

 

 

 

 

 

Tetsuhiro Hirose, presidente da Comissão Executiva, fez a Abertura Oficial. Após cantarem os hinos nacionais e prestados um minuto de silêncio aos antepassados, Takashi Shimokawa, presidente da associação, saudou o público e fez breve relato das atividades da associação com ênfase às administrações anteriores por viabilizarem as realizações atuais. “Em 1987, na gestão do saudoso presidente Tohoru Nishi… foi elaborado projeto audacioso propondo a mudança da associação, da Rua Bueno de Andrade para Vila Mariana, ao lado da estação do metrô…”, lembrou no discurso. “Na época, Ryozo Tagawa, governador da Província de Mie, aprovou o projeto liberando recursos financeiros para compra do terreno e execução da obra…”, prosseguiu. “Com este patrimônio valioso… Temos a expectativa e esperança de que sucessores jovens administrem e conduzam a renovação do kenjinkai ao longo do tempo”, completou, lembrando que o quadro atual de administradores para o biênio 2018/2019 é composto também por ex-bolsistas, ex-estagiários e jovens associados.

(Silvio Sano)
(Silvio Sano)

A seguir, foi projetado em um telão a mensagem do governador Eikei Suzuki, especialmente a esse evento, parabenizando a associação pelas datas comemorativas, recordando a boa receptividade tida 5 anos atrás quando veio ao Brasil às comemorações do centenário dos imigrantes de Mie no Brasil, e demostrando muita satisfação por, agora, homenagear pessoas que contribuíram para elevar a imagem da província no além-mar.
Na sequência, foram feitas entregas formais dos presentes oferecido pelo governo de Mie ao presidente Shimokawa e ao governador Márcio França, pelos 45 anos de irmandade, este, recebido por Shimomoto, que na época da assinatura do acordo, era deputado estadual e testemunhou o ato selado pelos governadores Laudo Natel e Ryozo Tagawa.
E após a saudação do cônsul-geral-adjunto, Akira Kusunoki, teve início a seção de homenagens a partir dos que contribuíram para elevar o nome da província no exterior, depois aos que contribuíram à própria associação e, por fim, aos idosos da associação.
Encerradas essas formalidades, teve o corte do bolo, o tradicional brinde com três tipos de “vivas” e a liberação para se servirem do jantar oferecido pela associação.

Apresentações artísticas (Silvio Sano)
Apresentações artísticas (Silvio Sano)

Atrações – Durante o mesmo, foi realizada a seção atrações, começando pelo karaokê por três cantores vinculados à associação: Kiyomi Watanabe, esposa de Ii-sei Watanabe, diretor de Bolsas e Estágios; Jorge e Silvio Sano, irmãos, cujo pai veio da província de Mie em 1918, cem anos atrás.
A seguir, foi a vez da Associação Cultural de Koto Michio Miyagui, presidida pela profª Reiko Nagase, que ministra aulas na associação às quartas-feiras, de manhã.

Demonstração de kendô (Silvio Sano)
Demonstração de kendô (Silvio Sano)

Depois, entraram kendokas do Departamento de Kendô, cujas atividades na associação ocorrem aos sábados, pela manhã, e às segundas-feiras, à noite, departamento que tem obtido grande destaque no meio, como no mundial, na Coréia, deste ano, onde se saiu muito bem.
Para finalizar a seção Atrações e o próprio evento, subiu ao palco o grupo de danças da associação, ministrado pelo prof Diego Bellarosa (aos sábados à tarde).
Segundo estimativa da comissão, com todos os lugares tomados, cerca de 200 pessoas compareceram ao evento.
(Silvio Sano, especial para o Jornal Nippak)

Comentários
Loading...