MELODIAS IMORTAIS

 – Realizado no dia 19 de agosto no Grande Auditório do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), no bairro da Liberdade, em São Paulo, a 18ª edição do Melodias Imortais – canções que tocam na alma japonesa – contou com homenagens às professoras de dança: Kan Etsushi, Kazue Shiroma e Miriam Hasegawa; e ao cantor Taro Kato, que recebeu um arranjo de flores – entregue por Isabel Takano – por ainda estar cantando aos 94 anos de idade. A Comissão Organizadora também homenageou Takahata Shoji e Kikuti Etsuko pelo pioneirismo no meio musical e de karaokê – Kazue Takahira entregou arranjo floral a Takahata e Décio Kawazoe à Etsuko. Realizado pelo Grupo Friends com promoção da Comissão Organizadora e apoio da Fundação Kunito Miyasaka, Bistrô Kazu, Cris Metal (presidente Taro Kato), Grupo Band, Nikkey Shimbun e Sussumu Taniguti, o tradicional evento contou com a participação de 66 cantores da comunidade nikkei.

Na segunda parte do espetáculo (a primeira foi publicada na semana passada pelo Nippak) – que tem como diferencial a o trabalho de pesquisa e narração do apresentador Koji Miti – destaques para Nobuhiro Hirata – que veio de Marília, onde mora atualmente; e Paula Hirama, de Piracicaba, Hélio Sakae Kamia e Sergio Tanigawa, entre outros talentos.

(Aldo Shiguti. Colaborou: Silvio Sano)

Comentários
Loading...