Lançamento de ‘Querida Konbini’ na JHSP terá palestra e debate

(Divulgação)
(Divulgação)

Querida konbini marcou o nome de Sayaka Murata entre os mais celebrados da nova literatura japonesa: a obra chega à marca de 700 mil exemplares vendidos no Japão, ganhou o prêmio Akutagawa, um dos mais prestigiosos do país, e rendeu à autora um lugar entre as mulheres do ano da Vogue Japão em 2016.
O romance nos apresenta Keiko Furukura. Aos 36 anos, Keiko segue no emprego da adolescência e nunca se envolveu romanticamente. Murata usa a sua protagonista incomum para abordar relações de gênero e de trabalho e questionar as pressões sociais a que todos – em particular as mulheres – são submetidos.
A Estação Liberdade, em parceria com a Fundação Japão e com a colaboração da Japan House São Paulo, organiza uma noite dedicada à obra de Sayaka Murata e à literatura japonesa contemporânea. A conversa ocorre no dia 19 de setembro, quarta-feira, a partir das 19h, na JHSP. O evento é aberto ao público e senhas serão distribuídas 1h antes do início.
A mesa de especialistas é composta por Donatella Natili, ex-professora da Universidade Waseda, em Tóquio, atualmente professora na UnB e pesquisadora da literatura japonesa moderna e contemporânea; Rita Kohl, tradutora de Querida konbini e de autores como Haruki Murakami e Yoko Ogawa; e Victor Hugo Kebbe, pesquisador de antropologia social, com passagem pelas Universidades Shizuoka e Nazan comandarão a conversa. A conversa terá transmissão pela página de Facebook da JHSP.

Palestra e debate: Querida konbini, de Sayaka Murata, e a literatura japonesa contemporânea
Evento realizado em parceria com a Fundação Japão e com a colaboração da Japan House São Paulo
Com Donatella Natili, Rita Kohl e Victor Hugo Kebbe
Data: 19 de setembro, quarta-feira, às 19h
Evento aberto ao público. Retirada de senha no local 1h antes do início.
Local: JAPAN HOUSE São Paulo — Av. Paulista, 52 — Bela Vista. São Paulo

Comentários
Loading...