JORGE NAGAO: Toledo, o tuiteiro.

1) Palíndromo para a imprensa que só dá notícia ruim e esconde as boas: O ótimo, omito-o
2) Profissões para golpistas desempregados: encanador (vazamentos), ficcionista (factoides), farmácia (manipulação), automóveis (blindagem)
3) “62 pessoas têm tanto dinheiro quanto metade da humanidade”. É o “dinheiro que é bom, nadA” explicado pelo “dinheiro que é bom, nadO”.
4) O Brasil tem duas epidemias graves : uma produzida pelo aedes aegypti e outra, pelo odium manipulatum.
5) Divagar é Sempre: Nasci décadas antes do primeiro bebê de proveta. Sozinho, eliminei milhões de concorrentes a socos e cotoveladas. Pronto, já temos algo em comum.
6) Um botão unfollow que inclua “não é você, sou eu”.
7) Boa noite. Vejo vocês amanhã, sem pauta.
8) Depois desse longo dilúvio de porcarias, um dia a música brasileira ainda volta, numa arca de Noel.
9) O lance da Gina é profissional, único caso de kibes seguidos de palitos para os dentes.
10) Uma noite, resolveu não se embriagar. Acordou sem ressaca, abriu a janela e bebeu a manhã.
11) Van filosofia é um adesivo na Kombi.
12) “Saldosismo” não é um erro de português — é a nostalgia do azul na conta corrente.
13) A função do “favorite” é escutar um tweet legal com fone de ouvido. O RT é som na caixa. Procede?
14) O número sempre decrescente de RTs que recebo me faz concluir que o tempo é o INSETICIDA da filosofia BARATA.
15) Metamorfose. Um belo dia, a frase profunda acordou e, quando se viu no espelho, era uma filosofia barata.
16) Garota moderna acaba de trocar um rapaz plugado por outro, mais wireless.
17) Chico respondeu à carta do agressor. Será entregue pelo oficial de justiça.
18) E o pau que bateu em Chico era bumerangue…
19) Há vagas Lembranças do pleno emprego.
20) Quando pobre faz depósito em banco, pode saber que é de órgãos. E quando faz saque em banco, pode saber que é de sangue.
21) Pobre só é coberto pelas páginas da coluna social em dia de frio intenso.
22) Bravos seguidores, aquele abraço / se não fossem vocês / nem o traço.
23) Jogo de palavras para os meus bisnetos usarem: não ando um centímetro sem ti, metrô
24) Tuitar é pensar num assunto q dê um texto de uns 2 mil toques.Terminar o texto mentalmente e pôr um título. Jogar o texto fora e publicar o título.
25) TV brasileira – Há 60 anos / enquanto a imagem sai pelos tubos / a nossa imaginação entra pelos canos.
26) A partir de hoje, o incesto de flores ao alcance de todos.
27) Meu filho acaba de me dizer:”Pai, odeio quando vou falar com você e te pego no meio de um tweet”. Magoei: meu filho me odeia em tempo integral.
28) Há ilênios o homem diz que “Deus escreve certo por linhas tortas”. Pois já passou da hora de comprarem um caderno decente para Ele.
29) Dia paulistano sem metrô seguido de dia mundial sem carro. Eu quero a minha Caloi.
30) Obrigado, Twitter. Graças a você, peguei minhas frases que estavam no meu criado-mudo e as enviei para o criado-mundo.
31) É uma doença traiçoeira até no nome, a DEPRESSÃO, que se instala DEVAGARINHO.
32) Às vezes levo um unfollow de alguém a quem sigo e demoro uma tempão para descobrir o “infiel”. Existe uma maneira prática de se fazer isso?
33) A mentira tem as pernas curtas, mas não serve para mandar recados.
34) Ato falho ou ato Folha? Aguarda-se, para breve, o caderno “Erramos”.< /span>
35) Estão me acusando de fazer trocadilhos infames. Redundância. Todo trocadilho é infame; o que escapa disso já é poesia.
36) Formar opinião é… transformar uma minoria esmagada e faminta numa maioria bem nutrida e esmagadora. Simples assim.

Comentários
Loading...