Eduardo fará show em Jantar Beneficente nesta sexta-feira no Bunkyo encerrando os 110 Anos

(Divulgação)
(Divulgação)

Eduardo Toshiaki Yoshikawa, ou simplesmente Eduardo, primeiro brasileiro cantor de enka no Japão, fará um show em Jantar Beneficente que acontece nesta sexta-feira, 30, a partir das 18h30, no Espaço Multiuso do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), no bairro da Liberdade, em São Paulo. Radicado no Japão há oito anos, a última apresentação do brasileiro em sua terra natal foi em 2016. Será, como se costuma dizer, um encerramento “com chave de ouro” das comemorações dos 110 anos da imigração japonesa no Brasil.
O show terá cerca de uma hora de duração, com apresentação de dez músicas, entre elas sua música de estreia, Haha kizuna (Laços maternos), e seu lançamento mais recente, além de conversas com o público. Durante o evento, haverá a entrega de diplomas de gratidão para colaboradores e patrocinadores pela Comissão para Comemoração dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil. O ingresso custa 250 reais. O valor arrecadado será doado para três instituições: Bunkyo, Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo (Enkyo) e Assistência Social Dom José Gaspar (Ikoi no Sono).
Fundador do INB (Instituto NAK do Brasil) e professor de Eduardo, o maestro Akihisa Kitagawa alegra-se pela atuação do aluno: “Eduardo aprimorou o japonês depois que foi ao Japão. Nos últimos anos, a participação de cantores estrangeiros populares diminuiu, por isso ele é uma presença importante.” E convida a todos para o evento: “Será um grande show para marcar o encerramento das comemorações dos 110 anos da imigração japonesa no Brasil. É uma oportunidade rara”, diz,
Para o presidente do Comitê Executivo da Comissão para Comemoração dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil, Yoshiharu Kikuchi, “ao comemorar o aniversário da imigração japonesa, estamos também destacando o elo humano que sedimenta e alimenta esse movimento de intercâmbio entre Brasil-Japão”.

Akihisa Kitagawa, Júlia Kitagawa e Yoshiharu Kikuchi
Akihisa Kitagawa, Júlia Kitagawa e Yoshiharu Kikuchi

Carreira – Eduardo foi adotado por uma família nikkei logo após o nascimento. Aos cinco anos de idade, ficou fascinado pela música enka Naniwabushi dayo jinsei wa (A vida é um constante recomeço) e, dos 12 aos 26 anos, estudou com o professor Akihisa Kitagawa. Teve uma educação rigorosa, que incluiu, além das aulas de canto, aulas de língua japonesa e etiqueta.
Sonhando em se tornar um cantor de enka, Eduardo foi ao Japão aos 26 anos, acompanhado da mãe adotiva, Natsue. Para se manterem, mãe e filho trabalharam em vários empregos temporários, até que, finalmente, Eduardo realizou seu sonho e estreou como cantor em 2015.
No ano seguinte, venceu o prêmio de cantor iniciante do 49º Prêmio Nihon Yusen, promovido pela Associação Nacional de Emissores de Música a Cabo. Em agosto deste ano, lançou seu quarto single, Jongara hitori tabi (Viagem solitária pela música folclórica Jongara) e participou de muitos programas musicais, entre eles, o Shin BS Nihon no Uta, do canal japonês NHK-BS Premium, tornando-se um destacado cantor de enka e ampliando seu campo de atuação.

Capa do novo lançamento do brasileiro Eduardo: expectativa é que o cantor use o mata tabi (reprodução)
Capa do novo lançamento do brasileiro Eduardo: expectativa é que o cantor use o mata tabi (reprodução)

Afortunado – Em entrevista para o jornal, Eduardo expressou sua gratidão: “A primeira vez que subi ao palco foi aos 11 anos, em um concurso de karaokê no Bunkyo. Apresentar-se novamente no mesmo local, desta vez como cantor profissional, é uma alegria tão grande que não tenho palavras para expressar. Sou uma pessoa muito afortunada.”
E enviou uma mensagem para os leitores: “Meu grande sonho é crescer como cantor de enka até as Olímpiadas de Tóquio e participar do programa Kohaku Utagasen, da NHK. Vou me dedicar com afinco para me tornar um cantor de expressão e motivo de orgulho para o Japão e os imigrantes japoneses no Brasil. Peço o apoio de todos em minha terra natal.”

Show e Jantar Beneficente com Eduardo
A renda será doada ao Bunkyo, Enkyo e Ikoi-no-Sono
Data: 30 de novembro, sexta-feira, a partir das 18h30
Local: Espaço Multiuso do Bunkyo (Rua São Joaquim, 381 – Liberdade – São Paulo – SP)
Estacionamento (terceirizado): Rua Galvão Bueno, 540
Ingresso: R$ 250,00 por pessoa
Ingressos à venda no Bunkyo, Enkyo e Ikoi no Sono.
Informações com Masami Imamoto (11-3208-5519) e Kitagawa (11-97530-9683).
Realização: Comissão para Comemoração dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil e NAK do Brasil
Apoio: Alfainter

Comentários
Loading...