Com ‘Mottainai’, 9º Bunkyo Rural quer consolidar amadurecimento

Ex-secretário estadual do Meio Ambiente, o engenheiro agrônomo Xico Graziano está confirmado (Arquivo)
Ex-secretário estadual do Meio Ambiente, o engenheiro agrônomo Xico Graziano está confirmado (Arquivo)

Conhecida como a “Capital Nacional do Ovo”, o município de Bastos – distante cerca de 550 quilômetros da Capital – recebe nesta sexta, sábado e domingo (de 21 a 23), a 9ª edição do Bunkyo Rural, que este ano tem como tema “Mottainai”. Segundo o presidente da Comissão Bunkyo Rural, Tomio Katsuragawa, o pedido para sediar o evento foi feito pela própria Acenba (Associação Cultural e Esportiva Nikkey de Bastos), que em junho deste ano já havia realizado o 1º Fórum de Integração dos Bunkyos (FIB) da Alta Paulista.
Com coordenação geral do agronômo Nelson Kamitsuji, as atividades acontecem no Anfiteatro Governador Mários Covas e na sede da Acenba. A programação incluiu palestas e a atividade “Dia de Campo” na Fazenda de Produção do Bicho-da-Seda, na empresa Artabas – Artefatos de Arame Bastos, da família Yoshikawa, no Bastos Golf Clube, no Jardim da Amizade (implantado em 1995 por ocasião do Centenário do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação Brasil-Japão) e à empresa Enerbio Alimentos (que trabalha com cortes de carne Wagyu, Bonsmara e Angus).
Um dos destaques é a palestra magna do ex-secretário da Agricultura e ex-presidente do Incra, engenheiro Xico Graziano.

Carlos Fukuhara, Tomio Katsuragawa e Nelson Kamitsuji
Carlos Fukuhara, Tomio Katsuragawa e Nelson Kamitsuji

Segundo Carlos Kendi Fukuhara, vice-presidente do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social) e vice da Comissão Bunkyo Rural, “o Bunkyo Rural amadureceu desde sua primeira edição”. “O início é sempre mais difícil e agora, na nona edição, podemos dizer que hoje o Bunkyo Rural é uma realidade, fato que a gente pode comprovar com grandes nomes que passaram nessa quase uma década, como o ex-ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e atual coordenador do Centro de Agronegócios da Fundação Getúlio Vargas e titular da Cátedra de Agronegócios da Esalq USP, Roberto Rodrigues, e do próprio Francisco Graziano Neto, ex-secretário estadual da Agricultura e do Meio Ambiente de São Paulo”, explicou Fukuhara, que destaca ainda a relação “muito próxima” entre o Bunkyo Rural e a Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” da Universidade de São Paulo.
“Podemos dizer que hoje, pelo alto nível de seus palestrantes, que o Bunkyo Rural conquistou uma personalidade própria, o que acaba despertando interesse nas cidades em recebê-lo”, conta Fukuhara, acrescentando que Adamantina já manifestou interesse em sediar a próxima edição.

Atividade de campo faz parte da programação do Bunkyo Rural (Arquivo)
Atividade de campo faz parte da programação do Bunkyo Rural (Arquivo)

Crescimento – Para Tomio Katsuragawa, a importância do Bunkyo Rural também pode ser atestada em números. “Em 2017, em São Roque, recebemos cerca de 250 pessoas contra uma média de 100 pessoas nas anteriores. Para este ano, esperamos mais de 300 participantes”, diz Katsuragawa, explicando que a cidade de Bastos também desperta uma relação sentimental com os participantes, além de sua “vocação natural” que já garantiria o sucesso do evento. “Muitas pessoas que hoje moram na Capital nasceram naquela região”, conta.
Para Katsuragawa, a ideia é apresentar o termo japonês que virou moda por motivar o desperdício “não só no sentido literal da palavra, mas também seu significado cultural”. “A expressão ganhou o mundo depois que a ambientalista Wangari Maathai, do Quênia, vencedora do Prêmio Nobel da Paz de 2004 considerou ‘mottainai’ uma palavra universal que melhor se aplicava às questões ambientais”, explica Katsuragawa, acrescentando que, na agricultura, mottainai é associada para maximizar o potencial produtivo”. “Seguindo essa linha de raciocínio, a intenção é mostrar que existem caminhos e informações”, diz Katsuragawa. Nelson Kamitsuji lembra que uma das propostas do Bunkyo Rural é justamente municiar os pequenos e médios agricultores de informações que normalmente eles não teriam acesso.

Evento também terá palestras sobre produção de ovos (Arquivo)
Evento também terá palestras sobre produção de ovos (Arquivo)

Programação – Assim, a programação do 9º Bunkyo Rural traz palestras com especialistas como Rumi Goto, que abordará a Agricultura Protegida; Carlos Otoboni, que vai falar sobre Introdução à Agricultura Digital; Diógenes Kassaoka, com Cooperativismo e Associativismo, entre outros. O evento terá também palestras sobre culturas locais, como a produção de café robusta, criação de bicho-da-seda, manufatura da seda e , é claro, produção de ovos.

Sumô – Destaque também para a exposição de máquinas e equipamentos e a 3ª Cavalgada do Imigrante. O evento faz parte das comemorações dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil e terá demonstração de kendô, taikô e sumô.

9º BUNKYO RURAL
Quando: De 21 a 23
Onde: Anfiteatro Governador Mário Covas – Bastos (SP)
Inscrição: R$ 60,00 e R$ 30,00 (estudantes com carteirinha). A inscrição inclui o almoço de sexta-feira e sábado. Jantar de Confraternização de sexta-feira, dia 21 (por adesão): R$ 50,00 por pessoa
O “Dia de Campo” está incluso no valor da inscrição
Haverá transporte saindo de São Paulo, na quinta-feira, às 22 horas, com retorno no dia 23 (domingo), às 13 horas
Informações e reservas:
11/3208-1755 (Bunkyo) ou 14/3478-1209 (Acenba)

PROGRAMAÇÃO – 9º BUNKYO RURAL
DIA 21 (SEXTA)

8H30 – Abertura do Evento
* O que é Mottainai (Dilza Muramoto)
Palestra Magna com Francisco Graziano Neto (ex-secretário estadual da Agricultura e do Meio Ambiente)
10H15 – Palestras: Agricultura Protegida: Opções e Oportunidades (Rumy Goto); Iluminando as Ideias sobre Energia Solar Rural (Ricardo Saraiva)
12H30 – Abertura da Exposição de Máquinas, Equipamentos e Veículos Automotivos (Recinto de Exposições)
12H35 – Almoço – (Recinto de Exposições)

Opção 1 – Recinto de Exposições**
14H – Mesa Redonda: Tendências da Agricultura Orgânica (Nobuyoshi Narita e Marcelo Laurino)
17H – Workshop: Produção de Bokashi (Kunio Nagai)

Opção 2 – Anfiteatro Mário Covas**
14H – Palestra: Sericicultura: Modelo de Diversificação e Transformação Econômica e Social (Wilian Aita)
16H – Workshop: Etapas da Cadeia Produtiva da Seda: Tecelagem, Tingimento e Acabamento (Wilian Aita)
17H – Dia de Campo: Fazenda de Produção do Bicho-da-Seda

Opção 3 – Acenba**
14H – Palestra: Produção de Café Robusta na Nova Alta Paulista (Fernando Takayuki Nakayama)
15H – Palestra: Bastos, a Capital do Ovo (Sérgio Kenki Kakimoto)
16H – Dia de Campo: Fabricação de Ração, Produção de Ovos, Processamento e Industrialização (Artabas)
19H – Solenidade Oficial do 9º Bunkyo Rural em Bastos – no Anfiteatro Mário Covas
20H – Palestra: Mottainai e a Nova Visão da Agricultura (Jorge Nishimura_
20H20 – Jantar de Confraternização (participação por adesão – taxa de R$ 50,00) – Recinto de Exposições

DIA 22 (SÁBADO)

8H30 – Palestras: Introdução à Agricultura Digital (Carlos Otoboni); As Oportunidades nas Culturas Exóticas (Hélio Watanabe)
10H45 – Intervalo
11H – Palestra: Cooperativismo e Associativismo (Diógenes Kassaoka)
12H15 – Almoço – (Recinto de Exposições)

Opção 1 – Recinto de Exposições**
14H – Palestra: Regionalização do Turismo Rural (Graziela Castilho Grecco)
16H – Dia de Campo: Bastos Golf Clube, Jardim da Amizade e Enerbio Alimentos

Opção 2 – Recinto de Exposições**
14H – Palestra: Agricultura Digital nas Pequenas e Médias Propriedades (Fatec Shunji Nishimura)
16H – Workshop: Demonstração de Máquinas e Equipamentos

Opção 3 – Acenba**
14H – Palestra: Princípio do Motiyori nas Associações e Cooperativas (Dario Hayashi Morishigue)
16H – Dia de Campo: Bastos Golf Clube, Jardim da Amizade e Enerbio Alimentos

Opção 4 – Associação de Judô de Bastos**
14H – Palestra: Ikigai: O Despertar de um Novo Amanhecer (motivacional), com Noriko Onishi Saito
16H – Workshop: Atividades Esportivas – Sensei Umakakeba e Max Trombini – e demonstração de Artes Marciais (kendô de Assis com taikô e sumô)

DIA 23 (DOMINGO)

Recanto das Águas – Distrito de Varpa – Tupã
7H30 – III Cavalgada do Emigrante. Coordenação – Graziela Castilho Sabino Grecco
13H – Almoço – (Recinto de Exposições)
14H – Encerramento

*Programação sujeia a alteração sem aviso prévio
** Atividades sinultâneas. Os interessados devem escolher uma das opções

Comentários
Loading...