Badejo mira – Mycteroperca acutirostris

Por Marcelo Szpilman com Ilustração de Antônio Woyames

Coloração: corpo marrom-escuro, um pouco mais claro no ventre, com manchas claras irregulares. Apresentam estrias escuras onduladas na cabeça, irradiadas do olho para trás. Os grandes espécimes apresentam coloração marrom-escura uniforme.

Característica: corpo robusto, alongado e de pequeno porte. Anal com o sexto e sétimo raios mais longos que os demais, tornando-a angulosa. Caudal truncada, um pouco emarginada. Escamas pequenas e ctenóides.

Ocorrência: nas águas tropicais do Atlântico ocidental. No Brasil, ocorrem em praticamente toda a costa. Podem chegar a 0,8 metro de comprimento e pesar 6 kg, mas na média são espécimes de 1,3 kg e 0,4 metro.

Habitat: nectônicos costeiros de águas rasas, habitam os fundos coralinos e/ou rochosos. São comuns também nas áreas de mangue, especialmente os espécimes juvenis.

Hábitos: são encontrados solitários ou em pequenos grupos junto ao fundo, dentro ou perto das tocas e rachas. Muito curiosos, costumam observar os arredores e “fitar” os mergulhadores. Os espécimes de grande porte são mais ariscos e desconfiados. Alimentam-se de plâncton e pequenos crustáceos.

Captura: sua carne é considerada excelente e possui grande valor comercial. Nos mercados, devido ao seu pequeno peso, são comercializados inteiros frescos. São capturados com vara de pesca, linha de mão e armadilhas. É a espécie de badejo mais comum em nosso litoral, sendo bastante apreciada pelos pescadores esportivos e submarinos.

Outros nomes vulgares: Badejete (RJ – pequeno porte), badejo-saltão, mira, saltão (RJ – grande porte) e badejo-tapoã (PE).

*Marcelo Szpilman, biólogo marinho formado pela UFRJ, com Pós-graduação Executiva em Meio Ambiente (MBE) pela COPPE/UFRJ, é autor dos livros Guia Aqualung de Peixes (1991) e de sua versão ampliada em inglês Aqualung Guide to Fishes (1992), Seres Marinhos Perigosos (1998), Peixes Marinhos do Brasil (2000) e Tubarões no Brasil (2004). Diretor-presidente do Aquário Marinho do Rio de Janeiro, membro do Conselho da Cidade do Rio de Janeiro (área de Meio Ambiente e Sustentabilidade) e colunista do site Green Nation.

Comentários
Loading...