Associação Brasileira anuncia criação de Comitê de Comunicação e apresenta novos bolsistas

Marcelo Shiraishi, Reiko e Jairo Uemura com os novos bolsistas: Claudia, Fernando, Yuka e Lais (Jiro Mochizuki)
Marcelo Shiraishi, Reiko e Jairo Uemura com os novos bolsistas: Claudia, Fernando, Yuka e Lais (Jiro Mochizuki)

A Associação Brasileira de Ex-Bolsistas do Gaimusho Kenshusei anunciou a criação de um Comitê de Comunicação que ficará responsável pela divulgação das atividades da associação e também da cultura japonesa. Para tanto, o diretor de Comunicação, Paulo Uemura, falou sobre as estratégias, que inclui o desenvolvimento de um site e o investimento em redes sociais. “O site já está praticamente pronto, só está faltando organizar o conteúdo”, explicou Uemura, lembrando que o Comitê contará ainda com Matheus Misumoto, Kátia Kishi, Fernando Matsumoto, , Cláudio Kurita, Carol Ayako, Tatiana Aoki e Érika Yamauchi.
Segundo Kátia Kishi, a associação já estava investindo nas redes sociais “mas agora decidimos institucionalizar a página”. A ideia, explica, não é falar somente de bolsa, mas abranger também outros assuntos, de cultura a política.
O anúncio foi feito durante tradicional festa de final de ano (Bonenkai) da associação, realizada no último dia 7, no Centro Cultural Hiroshima do Brasil, e que contou ainda com as presenças do cônsul geral do Japão em São Paulo, Yasushi Nogchi e da cônsul Reiko Nakamura.

O cônsul surpreendeu ao soltar a voz no Bonenkai (Jiro Mochizuki)
O cônsul surpreendeu ao soltar a voz no Bonenkai (Jiro Mochizuki)

Durante o evento foram apresentados também os novos bolsistas, que estiveram no Japão em setembro a convite do Ministério dos Negócios Estrangeiros do Governo Japonês. São eles: Cláudia Nakazato, Fernando Matsumoto, Yuka Ono e Laís Higashi.

Sakura – Presente no evento, o cônsul agradeceu a oportunidade de celebrar um final de ano muito auspicioso. “Quero agradecer a todos que contribuíram para que as comemorações dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil fosse um sucesso. Acredito que a princesa Mako ficou muito feliz com a visita que fez ao Brasil e com a oportunidade que teve para conversar e manter contato com a comunidade nikkei, incluindo muitos idosos e jovens”, disse Noguchi, que parabenizou ainda o jurista Kiyoshi Harada pelo lançamento da 4ª edição da obra “O Nikkei no Brasil”, o ministro Massami Uyeda pelo convite para o plantio de cerejeiras no Tribunal de Contas do Município de São Paulo, e o vice-presidente da Associação Okinawa do Brasil, Tério Uehara por ter comandando, com maestria as celebrações dos 110 Anos da Imigração Okinawana no Brasil.

Cônsul e kenshuseis durante o brinde (Jiro Mochizuki)
Cônsul e kenshuseis durante o brinde (Jiro Mochizuki)

Yasushi Noguchi, que no final brindou os presentes ao cantar Sakura, da banda Kobukuru, lembrou ainda que no início deste ano a própria associação realizou um evento com a participação de dois jovens executivos japoneses – Naoto Mizoguchi, da NEC do Brasil, e Taka Yazawa, da JCB Internacional. “Foi através desta apresentação que este funcionário da NEC começou a ter contato com o Diretor de Operações da Japan House São Paulo, Claudio Kurita e através destas conversas a NEC formalizou recentemente um contrato com a JHSP que prevê o fornecimento de soluções como o NeoFace, sistema de reconhecimento facial, e câmeras para determinar a quantidade e características do público visitante da instituição.

Cônsul e kenshuseis durante o brinde (Jiro Mochizuki)
Cônsul e kenshuseis durante o brinde (Jiro Mochizuki)

Parcerias – “Espero que a associação continue estreitando relações com a comunidade japonesa e continue promovendo atividades que contribuam para o fortalecimento dessas relações”, disse Yasushi Noguchi, acrescentando que em 2019 “Japão e Brasil terão um acontecimento em comum”. No Brasil, assumirá o novo presidente eleito, Jair Bolsonaro, e no Japão, como todos sabem, o imperador vai abdicar e teremos um novo chefe de estado”, explicou o cônsul, afirmando ainda que em 2019 o Brasil sediará a Copa América de Seleções e que contará com o o Japão como país convidado. “Espero continuar trabalhando para estreitar ainda mais as relações entre os dois países”, concluiu.

Marcelo Shiraishi: privilégio (Jiro Mochizuki)
Marcelo Shiraishi: privilégio (Jiro Mochizuki)

Já o presidente da associação, Marcelo Shiraishi, agradeceu a oportunidade de trabalhar com uma “equipe como harmoniosa” e lembrou que a Associação Brasileira de Ex-Bolsistas do Gaimusho Kenshuhei “só existe graças ao governo japonês, que nos proporcionou esta experiência de poder conhecer o país”. “No meu caso, foi a primeira vez que estive no Japão”, revelou Shiraishi, que destacou o “privilégio de estar presidente da associação”.

Comentários
Loading...