AKIRA SAITO: Apenas respeito

“O grau de evolução de um praticante de Budo é facilmente percebido pelo seu respeito.”

Bom dia, boa tarde, boa noite, sim obrigado, não obrigado, sim senhor(a), não senhor(a), palavras simples e que um dia eram sinônimos de uma boa educação e que hoje andam tão em desuso. Não entendo de verdade a relação entre o sentimento de igualdade para com o outro e simplesmente não ter um mínimo de respeito. Chamar uma autoridade ou uma pessoa mais velha, por você ou pelo nome, a meu ver não conota igualdade e sim, a mais pura falta de educação mesmo.
Acredito na receita de que respeito gera respeito, e que isso se faz necessário em qualquer circunstância (no Budo, por exemplo, em um embate pela própria vida, os adversários se cumprimentavam de forma a constar o respeito que tinham um pelo outro, mutuamente, sem diferenças). Acredito ser difícil viver em sociedade com um pensamento de democracia, com pessoas que não cultivam o respeito entre si. Igualdade deixa de ser um direito e passa a ser, na visão destas pessoas, uma imposição, o que na verdade, passa a não diferir em nada de qualquer sistema autoritário, abusivo e ditador.
Se houvesse mais respeito, muito dos problemas atuais simplesmente não existiriam. Se respeitassem mais a opinião contrária à sua, o direito do outro, as regras de convivência, as leis de forma geral, o meio ambiente, etc…. Apenas respeito, já seria um grande avanço.
A sociedade pode se transformar em algo muito melhor, mas é preciso que cada um faça a sua parte.

GANBARIMASHOU!!!!!

Comentários
Loading...