Federação de Rádio Taissô do Brasil comemora 40º aniversário

(Aldo Shiguti)
(Aldo Shiguti)

A Federação de Rádio Taissô do Brasil (Fertbra) comemorou, no último dia 17, no Clube Regatas Tietê (zona Norte de São Paulo), seu 40º aniversário de fundação, os 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil, o Dia Municipal e Estadual do Rádio Taissô e o 36º Festival de Ginástica Rítmica. O evento contou com a presença do vice-cônsul Yosuke Nakatomi; do presidente do Conselho Regional de Educação Física da 4ª Região de São Paulo, Nelson Leme da Silva Júnior; dos deputados federais Walter Ihoshi (PSD-SP) e Junji Abe (MDB-SP); dos vereadores Aurélio Nomura (PSDB) e George Hato (MDB); do vice-prefeito de Mogi das Cruzes, Juliano Abe (MDB) e da presidente da Associação Kenko Taissô do Brasil, Toshie Kawazoe, além de uma comitiva japonesa formada por 26 instrutores.

Evento no Clube Regatas Tietê contou com a participação de cerca de 900 praticantes (Aldo Shiguti)
Evento no Clube Regatas Tietê contou com a participação de cerca de 900 praticantes (Aldo Shiguti)

À noite, a Fertbra ofereceu um jantar de recepção à delegação japonesa, ocasião em que o presidente da federação, Jorge Kinoshita, foi homenageado com a entrega do título de Cidadão Paulistano concedido pela Câmara Municipal de São Paulo por iniciativa do vereador Aurélio Nomura.
Na parte da manhã, na cerimônia realizada no Clube Regatas Tietê, que contou com a participação de cerca de 900 praticantes de mais de 50 associações espalhadas pelo território brasileiro, Jorge Kinoshita lembrou a história do rádio taissô no Brasil, onde surgiu em 18 de junho de 1978 em comemoração aos 70 anos da imigração japonesa no país.

O presidente da Fertbra, Jorge Kinoshita (Aldo Shiguti)
O presidente da Fertbra, Jorge Kinoshita (Aldo Shiguti)

“Hoje contamos com mais de 50 associações na Capital, interior de São Paulo e outros Estados e temos participado de muitos eventos como a Virada Cultural e a Virada Esportiva, procurando desenvolver a prática de exercícios e conscientizando as pessoas que a prevenção é o melhor remédio”, disse Kinoshita, lembrando que, ao longo dessas quatro décadas, a Fertbra mantém um intercâmbio com o Japão, recebendo a visita e orientação técnica de professores.

Delegação Japonesa (Aldo Shiguti)
Delegação Japonesa (Aldo Shiguti)

No Japão – Yosuke Nakatomi lembrou que a ginástica rítmica foi introduzida no Japão em 1928 em comemoração e homenagem à posse do imperador Hirohito e após sua regulamentação, a prática tornou-se praticamente obrigatória nas escolas, nas indústrias, nas empresas e nos demais serviços. Disse que, ao comemorar 110 anos da imigração japonesa no Brasil, espera que essa atividade tão salutar continue por muitos anos servindo de elo de ligação entre os dois povos.
Já o presidente do Conselho Regional de Educação Física, Nelson Leme, revelou que, a Plenária do CREF4/SP deliberou que, no dia 10 de setembro será comemorado o Dia do Rádio Taissô “em reconhecimento explícito” aos benefícios dessa atividade.

Qualidade de vida – Walter Ihoshi lembrou que seus pais, há 40 anos, começaram a praticar rádio taissô na Praça da Liberdade, “juntamente com a profesora Ono”. “Via meus pais saindo bem cedo todas as manhãs para praticar essa atividade física. Trata-se de um exercício muito importante principalmente nos dias que vivemos, com a piora da qualidade de vida. Vocês nos dão exemplo, cuidando da saúde não só do corpo mas também da mente”, disse Ihoshi, que assumiu um compromiso de “muito trabalho que vem adiante”.

Homenagem a Junji Abe (Aldo Shiguti)
Homenagem a Junji Abe (Aldo Shiguti)

Autor da Lei Estadual que criou o “Dia Estadual do Radio Taissô”, em 1995, quando ainda era deputado estadual, Junji Abe destacou a “felicidade de pertencer a esta família”. Para o vereador George Hato, o rádio taissô “é um orgulho para a nossa comunidade”. “Como médico, sei da importância de se praticar atividade física regular na prevenção de doenças e na busca da qualidade de vida”.
Aurélio Nomura destacou que, ao comemorar o 40º aniversário de fundação da Fertbra, “o Brasil precisa mudar e mudar olhando os exemplos que já existem”. “E o rádio taissô é um exemplo típico pois nós verificamos aqui a disposição de seus praticantes”.

Compartilhar:
Comentários
Loading...